Thursday, June 02, 2005

Marte

Marte é o deus da guerra romano, e é como eu me sinto.
Agitado, com vontade de me mexer, de combater uma série de injustiças que vejo à minha volta. Sinto-me enérgico e mesmo atroz, impiedoso.
Marte é também a divindade romana associada à Primavera. A Primavera anuncia a primado do Verão e do Sol, do calor e da luz
Se é verdade que me sinto belicista, a minha arma não seria outra que não a luz.
Nem todos acreditam nas mesmas coisas e sei que muitos de vocês ao lerem o que a seguir vou escrever, vão achar que estou numa de “Star Wars”, tipo Jedi…
Se posicionarmos o nosso espírito de forma positiva e formos suficientemente fortes na geração de pensamentos positivos, então seremos capazes de irradiar energia. Não pensem que essa energia deve ser usada de forma displicente, é um recurso escasso que se forma através dos bons pensamentos, através da contemplação do Belo e da nossa simbiose com a energia que rege todo o universo. Aquele que consegue atingir um estágio destes, é capaz de coisas fabulosas e é capaz de usar essa energia para fazer os outros melhorar. Queria ser capaz de o fazer, gostava de “quebrar” o vicio de pensamento que muitas pessoas têm de ver tudo de forma negativa e de se acharem sempre superiores e melhores que todos os outros.
O meu conceito é algo difícil de explicar mas pelo menos fica esta tentativa.
Quem deseja muito algo, isso acaba mesmo por acontecer – se desejar o Bem, o Universo trará de volta o Bem que se desejou, se se desejar o Mal, será isso que o Universo nos dará.
Se pensarem em coisas agradáveis e boas, conseguirão elevar o vosso estado energético e assim vibrar com uma vibração mais próxima da frequência própria do Universo, experimentem e preparem-se para a quantidade de “coincidências” que vão acontecer.

5 Comments:

Blogger Ginja said...

Meu caro, dei aqui um salto por causa da Toranjinha que gostou do teu blog.Li vários posts. Sabes, aquelas coisas da universidade de que te queixas ...? Espero que corra tudo bem, mas vê se tens cuidado com a tua saúde. Tive colegas que para terem mais um ponto do que eu na média final levaram para casa uma depressão nervosa que ainda dura. E no fim de contas queimei-me menos e posso ir ao doutoramento tanto quanto eles . . . Enfim, só para te dizer que achei piada ao teu blog e que me identifico um bocado (um bocado grande...) com o teu complicómetro, salvo as devidas diferenças de género, claro :)

June 01, 2005 9:37 AM  
Blogger mariana said...

Devemos pensar que não somos especiais, mas também devemos pensar que o somos.
Não sei se me percebeste, mas espero que sim!

June 01, 2005 9:31 PM  
Blogger Toranjinha said...

OK... Muito "tantra" este teu comment... Por outras palavras, um tanto mais duras, talvez, cada um tem o que merece... Ou não... Porque, por vezes, irradiar energia positiva também é cansativo e desgastante... Nem sempre o que recebemos é proporcional ao que damos.
Obrigada por teres passado pelo meu blog. Afinal os blogs servem mesmo para estas coisas... E, como vês, já trouxe uma amiga, hem? lolol
Isto é só somar!

June 02, 2005 11:21 PM  
Anonymous Anonymous said...

«Quando alguém quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que se realize esse seu desejo» (Paulo Coelho)
Lembrei-me desta frase ao ler o teu post. --(--Muito interessante...) Nem sempre é fácil pôr em prática, mas penso que tens razão: energia positiva atrai energia positiva, e energia negativa atrai energia negativa...Acho que deve ser por isso que o Calvin (de Calvin & Hobbes) dizer que a vida tem esta capacidade fantástica de, por pior que esteja, conseguir piorar sempre ainda mais! :p

June 06, 2005 11:30 AM  
Anonymous Anonymous said...

«...que o Calvin diz...» (sorry pela gralha)

June 06, 2005 11:43 PM  

Post a Comment

<< Home